Estudos

No último domingo, 15 de março, fomos grandemente abençoados pela ministração do pastor Luciano Subirá. A mensagem “Oração persistente”, focada no texto de Lucas 18:1-8, desafiou a igreja a perseverar em oração e, também, nos mostrou como alcançar esse objetivo.

No texto, Jesus reforça que orar sempre e nunca desanimar, não importando as circunstâncias, é nosso dever. O pastor Luciano explicou a parábola, reforçando que o juiz descrito não representa Deus, mas é uma comparação. Se um juiz corrupto atendeu ao pedido insistente, o que o Senhor, que é justo e cheio de compaixão, faria com as nossas orações contínuas?

Mesmo que, aos nossos olhos, Deus demore no atendimento de nossas súplicas, isso não significa que Ele não quer ou não irá nos responder. Esse é o principal problema quando falamos de oração: a falta de perseverança, que é semelhante à falta de fé. Essa desistência revela nossa incredulidade naquilo que o Senhor tem preparado para nós, como descrito em Hebreus 6:12.

Aprendemos que as respostas de Deus podem ser “sim”, “não” e “espere”, porém, muitas vezes assumimos que Deus negou (ou não ouviu) nossos pedidos apenas por não querermos persistir na oração até receber a resposta devida.

Deus responde à fé

O pastor Luciano lembrou que Deus responde a nossa fé, não às necessidades. Porém, nenhum de nós nasce com uma grande fé, ela é desenvolvida ao longo da nossa jornada. Exercê-la é uma guerra constante contra as circunstâncias, nós mesmos e o mundo a nossa volta.

A natureza da fé é não desistir, mesmo que os resultados demorem. Entretanto, se focarmos nossos olhos somente nas circunstâncias e não no Deus soberano que pode nos fortalecer, seremos incrédulos e desistiremos da oração.

O tempo de Deus

Eclesiastes 3 nos ensina que há tempo para todas as coisas, isso inclui a resposta de Deus para nossas orações.

Mais do que a nossa vontade, o plano e propósito do Senhor definem o momento certo de recebermos a Sua intervenção. Como o pastor citou na história de Zacarias e Isabel, que já idosos, receberam a bênção de serem pais.

Não esqueça: devemos orar sempre e nunca desanimar! Ele nos ensina que devemos perseverar em oração e fé.

Mensagem do pastor Luciano Subirá em áudio.