Estudos

No último domingo, o Pr. Luciano trouxe uma mensagem profética para a igreja intitulada “O Viver é Cristo”.

O texto base foi Filipenses 1:21, nesta passagem o apóstolo Paulo afirma – “para mim, o viver é Cristo e o morrer é lucro”.

No texto de Fp 1:21, o apóstolo Paulo explica as duas perspectivas que ele tem da vida terrena e da vida eterna. Paulo declara que estar na glória com o Senhor seria mil vezes melhor do que estar na terra aguardando o Seu retorno, sabendo que ainda não era seu tempo de partir, ele tinha certeza que ainda precisava cumprir seu propósito na Terra e abençoar a vida das pessoas ao seu redor. Paulo definiu um padrão de vida cristã chamando o “viver para Cristo”.
O lugar que Cristo ocupa em nossas vidas.

Nas Escrituras, independente se é no Antigo ou no Novo Testamento, é possível encontrar a figura de Cristo sendo citada. No AT, a pessoa de Cristo é apresentada através do muitas figuras, por exemplo, no tabernáculo de Moisés, a serpente de bronze, muitas projeções proféticas sobre a vinda do Messias, é inegável que toda a escritura converge para a Cristo.

Em Efésios 1:9-10, Paulo diz que o mistério da vontade de Deus foi revelado, fazer com que todas as coisas convergissem na imagem de Jesus. Colossenses 1:15-20, nesta passagem é claro a centralidade de Cristo em tudo e em todos. Em Filipenses 3.7-8, Paulo deixa claro que tudo perdeu o valor depois do conhecimento de Cristo Jesus. A partir do momento que alguém tem um real encontro com Jesus, conhecendo a Sua Palavra e tendo relacionamento com o Espírito Santo, tudo aquilo que ocupava algum lugar de suma importância em sua vida, perde o valor diante de Jesus. Nada será mais valioso e importante na vida do filho de Deus do que Ele, nada se compara a Sua grandeza e poder, pois Ele é tudo e está em todos.
O custo

Em Lucas 14.26-27, Jesus diz – “Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo. E aquele que não carrega sua cruz e não me segue não pode ser meu discípulo”. Se alguém deseja seguir a Cristo, deve saber que isso custará tudo, não há concessões. Nos versículos seguintes Jesus usa como exemplo, alguém que deseja construir uma torre, deve primeiro precisa calcular o custo para finalizar essa construção, para que não se envergonhe por não conseguir finalizar a obra. Todo aquele que quiser seguir a Cristo, precisa calcular o custo. No versículo 30 Jesus diz – “Da mesma forma, qualquer de vocês que não renunciar a tudo o que possui não pode ser meu discípulo.”
Como isso afeta as nossas ações?

Em Colossenses 3:23-24, Paulo diz que tudo o que fizemos, façamos como para o Senhor.
Você Já imaginou se conseguíssemos aplicar isso em tudo o que fizermos? Desde tirar o lixo da casa, até no nosso trabalho.
Não importa se irão notar ou elogiar o que fazemos, o mais importante é a consciência de que estamos realizando tudo para glorificar Cristo, pois Ele é o centro de tudo.

Confira algumas f

otos de domingo