Estudos

Neste domingo, o pastor Luciano Subirá trouxe uma palavra pastoral sobre o cenário atual que estamos vivendo como sociedade por conta da pandemia causada pelo coronavírus, orientando sobre as atitudes práticas que devemos ter agora e de que forma podemos nos preparar para o que virá após esse tempo.

Quais atitudes práticas devemos ter?

 

O pastor compartilhou dados e informações a fim de nos alertar sobre a necessidade de praticarmos os cuidados que nos cabem.

Vemos a importância da responsabilidade humana em textos bíblicos como Provérbios 27:12 – que diz “o prudente percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as consequências” -, assim como no Salmo 127:1 – que fala que “se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção. Se não é o Senhor que vigia a cidade, será inútil a sentinela montar guarda”. Ou seja, precisamos agir de forma prudente, tomando os cuidados necessários.

Qual a percepção espiritual?

 

Diante disso, também devemos perguntar qual é a percepção espiritual desse momento? Nosso posicionamento deve ser de confiança em Deus.

Prudência e prevenção são parte das ações naturais que devemos tomar, entretanto, não podemos deixar de crer no nosso Deus, que é o nosso protetor e é Aquele que nos guarda. Não podemos permitir que os dados, as notícias e a grande quantidade de informações que recebemos abalem a nossa fé em quem Ele é. “A natureza da fé nesse momento é crer na natureza de Deus”, ressalta o pastor.

É bem importante termos a consciência de que a fé não exclui a prevenção e a prevenção não exclui a fé. Não podemos tomar todos os cuidados e achar que apenas isso vai nos proteger, ao mesmo tempo em que não podemos deixar os cuidados de lado, adotando uma atitude irresponsável.

Como expressar o cristianismo nesse momento?

 

O pastor nos lembrou que a prevenção é algo maior do que nos preocuparmos apenas com nós mesmos, sendo assim, como podemos ser Igreja? Como podemos servir aos outros e demonstrar amor? A melhor ajuda que podemos oferecer nesses dias é chamar as pessoas para que busquem a Deus.

Precisamos nos atentar para o uso correto do tempo que teremos disponível. Usá-lo com sabedoria para buscar a Deus e nos encharcarmos da Sua Palavra, encorajar as pessoas através de mensagens e investir esse tempo também no relacionamento familiar.

O que esperar do futuro?

 

Quando encerrada essa crise, é previsto que tenhamos que lidar com grandes desafios e esse é o momento de nos reinventarmos. Precisamos buscar nos organizar financeiramente com sabedoria a fim de que tenhamos também condições de expressar o cristianismo, sendo resposta àqueles que necessitarem.

Nosso posicionamento de fé deve parar o medo. Precisamos entregar a Deus toda a ansiedade que estamos sentindo conforme a orientação de 1 Pedro 5:17 e clamar a Ele pela Sua intervenção em todas as áreas. Uma atitude correta nesses dias é lembrar das ações milagrosas estão descritas na Palavra e declarar quem Deus é.

Por fim, relembramos que problemas e dificuldades são previstos na nossa caminhada, porém, não devem determinar os nossos sentimentos. Não tememos o futuro, mas decidimos confiar em Deus e nos deixamos ser fortalecidos na fé.

Mensagem do pastor Luciano Subirá em áudio.